sexta-feira, 31 de julho de 2015

Um pouco da história da imagem do Bom Jesus do Saivá

O roubo da imagem
Na calada da madrugada do dia vinte e nove de janeiro do ano de mil e novecentos e oitenta e quatro, foi roubada a imagem original do Senhor Bom Jesus do Saivá do altar de sua igreja em Antonina. A população católica e devota ao santo se sentiu consternada com a notícia e mais ainda ao constatar o vazio em seu altar.
Toda a polícia investigativa do Paraná, sob as orientações do antoninense o delegado Claus Luiz Berg, se colocou a campo para investigar e tentar recuperar tão importante ícone histórico e religioso.
Nesse período o vazio religioso tomou conta daquela comunidade, causando a necessidade de se mandar esculpir outra imagem, que pudesse preencher em partes a devoção contida por aquele símbolo.



quarta-feira, 29 de julho de 2015

EDUARDO NASCIMENTO: SOB NEBLINA

EDUARDO NASCIMENTO: SOB NEBLINA: 0328 0329 Vista parcial da cidade de Antonina - Pr - captada do Morro do Bom Brinquedo/2015

Domingo tem música na praça.

O Projeto do Trio Quintina (PR) convida:
Richard Serraria (RS) e Kleber Albuquerque(SP) pra tocarem no Coreto da Praça Central de Antonina. Domingo, às 14h00. 

segunda-feira, 27 de julho de 2015

Rapidinhas...Pra não perder tempo.

Empaca
Tenho recebido indagações dos seguidores do blog, questionando as poucas postagens políticas, crônicas e cobranças pelo abandono da cidade. Assuntos que marcaram todos esses dez anos de vida do blog.
O que posso justificar, é que de tanto “bater” a gente cansa e desanima. Principalmente quando do outro lado não encontra ressonância saudável, e deparamos com uma administração inoperante, despreparada, desrespeitosa...Destoada...Destudo!
As diferenças de visões são enormes. Pois além da “escola da vida”(formação defendida pelo prefeito) nos ter ensinado alguns princípios comportamentais, a academia também nos capacitou com outros conhecimentos, cujos valores aqui são desconsiderados. Meritocracia é predomínio não utilizado.
Então concluímos o entendível filosofal do pensador do agreste:
“Não vale a pena colidir com jegue, pois quanto mais apanha, mais empaca. E só a coice que lhes resta como manifesto”.

Vergonha
Hoje deparei com um grupo de alunos da UEL, Universidade Estadual de Londrina, em visita a cidade. Estavam no entorno do Mercado Municipal (fechado), ouvindo as explicações do professor sobre a geografia da cidade. O que me entristeceu foi deparar com aquele pessoal e ver as calçadas toda quebrada, sintoma do descaso da atual administração no tratamento da cidade. E veja bem...Uma calçada.




















Durante o Festival de Inverno da UFPR, estive na Estação Ferroviária a convite de uma colega professora, que lá estava ministrando curso. Deparei com um espaço totalmente abandonado, com goteiras e possas d’água. Faltando telhas, com suas históricas paredes umedecidas e esverdeadas de limo... Uma lástima!
Como morador da cidade e pessoa ligada ao evento e a universidade, senti vergonha de disponibilizar aquele espaço, para tão nobre missão: a de ensinar. Tão belo, mas em estado de calamidade. Triste!

Falta parceria
Os dois últimos eventos realizados na cidade, o Festival de Inverno e a Mostra de Carros Antigos, trazidos para a cidade por entidades sem vínculo direto com o município, este ano ficou muito claro a ausência quase que total da parceria da prefeitura local.
Na abertura e no encerramento do Festival, o que o prefeito de plantão mais fez foi justificar a falta de apoio. No dos carros antigos nem apareceu e mandou o vice se desculpar.  Deu pra sentir por parte dos organizadores que se continuar assim, será ainda mais difícil, dar continuidade aos referidos eventos em nossa cidade.

Se a parceria da prefeitura é nula, a iniciativa privada através de seus órgãos representativos – se é que funcionam - deveriam juntar forças e chegar junto aos organizadores destes eventos, no intuito de garantir algum tipo de apoio, principalmente na discussão do próprio evento. Se os comerciantes acharem os ventos importantes. Caso nada ocorra...Tudo tende a minguar ainda mais...e...Desaparecer!
E tenho dito! Para não perder a ternura.

“Nas praças... nas ruas e no trapiche... A droga rola o dia inteiro”.

terça-feira, 30 de junho de 2015

Eleições 2016/Preparando a vitrine

PREPARANDO A VITRINE

Faltando menos de um ano para as convenções partidárias das eleições municipais de 2016, já se nota uma certa movimentação dos políticos locais, interessados em participar do pleito. Os interessados em concorrer às eleições de 2016, deverão estar filiados nos partidos políticos até outubro próximo.
No murmurinho dos interesses aos cargos eletivos, os atuais ocupantes de cargos se articulam no sentido de garantir um partido e um grupo que possam lhes dar sustentação política. E um quadro de “fortes” candidatos, que poderá também garantir suas reeleições.

Nosso atual mandatário - como todos os demais ocupantes de cargo – também deverá tentar sua reeleição. Pois quem senta na cadeira da mesa retangular da casa 150 da XV de novembro, pega gosto pela coisa e faz de tudo para garantir sua continuidade no cargo, prorrogar suas promessas, dar continuidade às benesses e aumentar a poupança da família e dos apadrinhados. É assim mesmo!

Nossos dois últimos mandatários tentaram suas reeleições, mas só tentaram. O eleitorado disse não! O último até perdeu o “bonde da história” e conseguiu a façanha de ser totalmente descartado pelo partido e seus seguidores. Dormiu no ponto!

O nosso atual alcaide candidato deveria se recolher na sua “modesta” condição e tentar fazer outra coisa, que não fosse política (não tem dom nenhum e nem sabe o que é democracia). Sua gestão é um fracasso, até na opinião daqueles que acreditaram e os elegeram. Com um pouco de discernimento – se é que ele sabe o que é isso - poderia encomendar uma pesquisa de avaliação da sua gestão e de intenção de votos, que deverá sinalizar com dados dos mais negativos possíveis. Sair de fininho às vezes é uma boa estratégia.

Os candidatos à majoritária/prefeito da eleição de 2012, em sua maioria deverão tentar novamente. Até algumas “almas penadas” que o eleitorado nem mais tem na memória, tentam ressuscitar com um “novo” discurso.

Poucos e prováveis novos nomes são cogitados, muitos se lançam com objetivo de tentar uma negociata, mas no final mesmo, no calar das convenções onde quem manda são os políticos “caciques” da capital, pouco ou quase nada de novo será nos apresentado na vitrine eleitoral de 2016. Vamos aguardar. Mas não espere nenhum milagre.

quarta-feira, 24 de junho de 2015

MP manda prefeitura ocupar “Novo Hospital”.

O promotor de justiça da Comarca de Antonina, Thiago Saldanha Macorati, após inúmeras considerações (ver doc. em anexo) recomenda ao prefeito João Domero a ocupar até o dia 30 de junho, as instalações do Hospital Municipal Silvio Bittencourt existentes na Avenida Thiago Peixoto, obra entregue há mais de três anos e ainda sem funcionamento.

O imóvel que atualmente abriga o hospital é de propriedade particular, e foi locado inicialmente por dois anos, período suficiente para a construção do novo imóvel. Mas, até o momento, e devido a inúmeras e nem tanto pertinentes justificativas, vem sendo prorrogado o contrato de locação, com custo mensal aproximado de R$30.000,00 aos cofres públicos municipais.
Segundo o documento, a atual administração demonstrou intenção em prorrogar o aluguel do referido imóvel por mais três meses... “No intuito de organizar uma reinauguração, com nítido propósito pessoal” ... E até eleitoral, acredito.

O não cumprimento da presente recomendação, sem justificativas formais, levará ao ajuizamento das ações cíveis cabíveis, inclusive para responsabilidade pessoal pela omissão, conclui o expediente.

E os recursos para os equipamentos
No início do ano, foi liberado pelo Governo federal recursos da ordem de R$2.000.000,00 ( dois milhões de reais) referente a emenda parlamentar do ex-deputado André Zacharow, para aquisição de móveis e equipamentos necessários, ao bom funcionamento do novo hospital. Mas até o momento nada foi adquirido. Os móveis e equipamentos que serão retornados às novas instalações estão em péssimas condições de uso. Alguns até são de propriedade da própria empresa locadora do imóvel então ocupado.


A comunidade aguarda, que o “Novo Hospital” - tão propagado e cantado em versos e prosas por políticos e candidatos - possa em breve estar prestando serviço de qualidade e eficiência. Saúde é um bem de todos e os recursos utilizados são também de todos. Nós sempre pagamos a conta. E Tenho Dito!



Cumpra-se:





Fonte Documentos: face do vereador Marcio Balera

quarta-feira, 10 de junho de 2015

CINEMA NA PRAÇA

JekitiCultural apresenta mais uma atração: 
Cinema na Praça
Mostra itinerante de Cinema
Programação Antonina – toda terceira-terça do mês

Junho Dia:16, 20h
Filme: Trabalhar Cansa
2011 | 99 min | Brasil
Direção: Juliana Rojas e Marco Dutra (Distribuição: Lume Filmes)
Faixa etária: 12 anos


A jovem dona-de-casa Helena resolve realizar o desejo antigo de ter seu primeiro empreendimento: um mini-mercado. Ela contrata a empregada doméstica Paula para tomar conta das tarefas do lar e de Vanessa, sua filha. Quando seu marido Otávio perde o emprego como gerente em uma grande corporação, as relações pessoais e de trabalho entre os três personagens sofrem uma inversão inesperada, ao mesmo tempo em que ocorrências perturbadoras passam a ameaçar os negócios de Helena.
Realização: Sesc-Paranaguá e JekitiCultural    Apoio: Mai - mailuza@yahoo.com.br


P.S. Por se tratar de evento ao ar livre, não será realizado em caso de mau tempo (vento e chuva)